segunda-feira, janeiro 26, 2015

                                  Mais um ano de luta



Depois de uma parada volto a escrevinhar algumas mal traçadas linhas aqui no blog.Fiquei de longe analisando o vai e vem da vida e o jogo cheio de nuances da política local e nacional.

O ano começa com o anúncio de impostos que estouram exatamente nas minguadas contas de todos nós brasileiros. Não tem choro nem vela. A única forma de cobrir os rombos de uma economia cheia de altos e baixos e com  buracos estratosféricos é aumentando a carga tributária.

Em outras palavras, quem paga  por desastradas gestões na área econômica somos nós.
Esse ano não vai ser moleza. Nada de exageros, nada de jogar dinheiro fora, nada de gastos supérfluos. O momento é de economizar.

Para terminar, agradeço a população do meu Estado pelos votos que tive durante a eleição. Nada a reclamar, nada a tergiversar. Na política se ganha e se perde. Foi uma experiência a mais que tive na vida.

Em fevereiro volto a fazer o que gosto e que me dá prazer. Retorno a TV Gazeta para apresentar o Gazeta Alerta todos os dias.



Nenhum comentário:

Postar um comentário