quinta-feira, outubro 23, 2014

                                        Não se matem por política


Conversava hoje com minha família sobre os últimos acontecimentos envolvendo militantes das agremiações políticas que decidem as eleições no próximo domingo.

Estão se digladiando e com os nervos a  flor da pele. Tudo vira motivo para um enfrentamento desnecessário.

Moramos  numa aldeia onde teoricamente todos se conhecem, muito embora ultimamente  ao embarcarmos em Brasília ou aqui mesmo, temos visto poucos rostos conhecidos.

Não briguem por política ou políticos. Na minha pouca vivência na área aprendi cedo que não vale à pena puxar a espada ou sacar o revólver vernacular que destrói reputações.


Nenhum comentário:

Postar um comentário