segunda-feira, abril 13, 2015

“Senador Guiomard tem prefeito?”, dispara apresentador ao criticar transporte coletivo

Nem a Agência Estadual Reguladora de Serviços Públicos (Ageac) escapa das críticas do apresentador.
  
     Na última quinta-feira (9), o programa de maior audiência da TV acreana, o Gazeta Alerta, noticiário veiculado pela TV Gazeta – Record, começou falando da insatisfação dos usuários de transporte público do município de Senador Guiomard (AC).
O programa, apresentado pelo jornalista Edvaldo Souza, mostrou a situação na qual os guiomarenses estão submetidos: ônibus sucateados, péssima qualidade de trafegabilidade no município e muita insatisfação por parte da população. A situação é tão preocupante que, no último mês, uma empresa teve de fabricar seu próprio asfalto e tapar buracos na região central da cidade.
O apresentador do noticiário não poupou ninguém ao falar da situação do município de Senador Guiomard.
sucatemaento
Reprodução/TV Gazeta

“São trabalhadores, estudantes, idosos, crianças, que chegam a passar mais de uma hora esperando o coletivo. Agora, um detalhe: além da superlotação, os usuários enfrentam também o risco eminente de acidentes por conta do sucateamento dos ônibus”.
O repórter da TV Gazeta, Joatan de Souza, fez o percurso feito por vários usuários para constatar a precariedade do transporte no município. A reportagem mostrou a confusão ao entrar nos coletivos, a superlotação, poltronas danificadas e a situação precária que a empresa atende o município. Ao final da reportagem, Edvaldo teceu duras críticas ao poder público no município.
“A pergunta que eu faço é a seguinte: Senador Guiomard não tem vereador? Senador Guiomard não tem prefeito? Senador Guiomard não tem deputado? Porque o povo tá se lasc*ndo nesta lata velha. Isso aí não é pra transportar gente não, isso é pra transportar bicho”.
Nem a Agência Estadual Reguladora de Serviços Públicos (Ageac) escapa das críticas do apresentados.
“Ninguém faz nada. Quem é que cuida disso?”.
Em nota, a Ageac informou ao noticiário que as reclamações já chegaram ao conhecimento do órgão regulador. Informa também que as providências estão sendo tomadas, dentre elas: um estudo relacionado aos horários e ao número de passageiros, bem como a disponibilidade de um veículo adicional, incluindo acessibilidade para pessoas com deficiência.
“Deixando essa ‘prosopoéia’ de lado: o que é que os munícipes precisam? De mais ônibus! Mas são de ônibus em condições que os passageiros possam andar dignamente. É isso que precisa. [...] Vamos deixar desse papo furado”.
O apresentador termina chamando a atenção das autoridades.
“Alô vereadores, alô prefeito, alô deputado ou deputados representantes do Quinari”.
Veja o vídeo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário