terça-feira, agosto 19, 2014

Edvaldo diz que moradores de invasão correm risco de morte

Ray Melo, da editoria de política de ac24horas – raymelo.ac@gmail.com19/08/2014 11:06:10
 
Os constantes desbarrancamentos e a falta de ação do poder público na invasão da Embratel, localidade onde residem mais de 100 famílias, foi alvo de denúncia do deputados estadual Edvaldo Souza (PSDC), na tribuna da Aleac, na manhã desta terça-feira (19).
Edvaldo Souza pede a presença da Defesa Civil, Secretária de Ação Social, Corpo de Bombeiros e Secretaria de Habitação, na localidade. O parlamentar defende que todas as famílias sejam cadastradas e levadas para as casas construídas pelo governo do Acre, na Cidade do Povo.
“Estes moradores estão sofrendo com um problema de deslocamento de terra. Entrei em pelo menos 20 casas que estão rachadas e fora do nível. Questionei se já teria ido alguém da prefeitura ou do governo no local. Os moradores afirmam que não”, diz Edvaldo Souza.


Segundo o parlamentar, o local é inapropriado para receber melhorias. “A solução é cadastrar os moradores e retira-los para casas na Cidade do Povo. Estas pessoas correm risco de morte. Espero que o poder público tome as devidas providências”, finaliza o deputado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário