terça-feira, agosto 12, 2014

Escolas vão tratar de “planejamento familiar”



Governo sanciona projeto que obriga as escolas a tratar sobre temas ligados ao Planejamento familiar. De acordo com o texto da lei, pelo menos uma vez por mês, as escolas da rede pública do Estado precisam realizar palestra com profissional qualificado sobre diversos temas como: gravidez, sexualidade e métodos contraceptivos.

O autor do projeto, deputado Edvaldo Souza comemora a sanção da lei e espera que as escolas tenham atenção à proposta. Segundo ele, a preocupação com o tema planejamento familiar se justifica por exemplo, nos índices alarmantes de gravidez na adolescência registrados no Estado. “Criei esse projeto, como forma de solidificar ainda mais as famílias”, comentou Souza.

O texto da lei prevê que pelo menos uma vez por mês, as escolas da rede pública do Estado realizem palestras, que devem ser ministradas por profissionais qualificados.

Os temas abordados devem ser: métodos contraceptivos, reprodução humana, gravidez, doenças sexualmente transmissíveis, puberdade, sexualidade, abuso e assédio sexual, além de outros assuntos relacionados.

As palestras sobre planejamento familiar, de acordo com a lei podem ser organizadas com a participação de grêmios estudantis, conselhos de pais e mestres, órgãos de saúde, entre outros organismos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário