segunda-feira, junho 30, 2014

Deu no site agazeta.net

Planejamento familiar: Aleac aprova projeto

Um projeto de lei que institui a política de informação sobre planejamento familiar nas escolas do Estado, através de ciclo de palestras foi aprovado por unanimidade pelos parlamentares estaduais, nesta semana, na Assembleia Legislativa do Acre.
A iniciativa é do deputado Edvaldo Souza (PSDC), que alerta para a necessidade da orientação dos jovens. “Entendo que a falta de informação sobre o planejamento familiar como: sexualidade, puberdade, maternidade, reprodução humana, gravidez, entre outros é uma necessidade premente nas escolas pública. Nunca é demais dizer que a família, base da sociedade, tem especial proteção do Estado”, diz Edvaldo.
Os ciclos de palestras sobre planejamento familiar serão organizados de forma a garantir a realização de pelo menos uma palestra por mês. Os eventos deverão ser ministrados por profissionais qualificados pela Secretaria de Educação do Acre. “O Estado precisa contribuir com este tipo de orientação”, alerta Souza.
Os temas abordados nas palestras serão os seguintes: métodos contraceptivos; reprodução humana; gravidez; doenças sexualmente transmissíveis; puberdade; sexualidade; abusa e assédio sexual e outros correlatos.
Na organização das palestras sobre planejamento familiar poderão participar, de forma integrada: os conselhos de pais e mestres; grêmios estudantis; conselhos tutelares; órgãos de saúde e entidades representativas de todas as esferas governamentais.

           Deu na coluna da Gina


Edvaldo Souza
Edvaldo Souza tem sido um deputado incansável na busca da recuperação de ramais. A preocupação dele com os produtores rurais é visível.
Trabalho
Depois de reivindicar junto à Prefeitura de Rio Branco a recuperação dos ramais situados no Projeto de Desenvolvimento Sustentável Baixa, o deputado estadual Edvaldo Souza (PSDC) passou a manhã de domingo (29) vistoriando os trabalhos que estão sendo realizados.
Atividades de Edvaldo
O parlamentar esteve nos ramais Mediterrâneo, da Lua, São Francisco, da Capela, Baixa Verde e Quinoá. Na oportunidade, aproveitou para conversar com os produtores rurais e pediu a eles opinião quanto à execução dos trabalhos.


domingo, junho 29, 2014

sábado, junho 28, 2014

                                  A política de cada dia

Estive na convenção dos partidos (chamados nanicos) que integram a FPA.
Muitas bandeiras, bandeirolas e discursos.  Assinei  o documento obrigatório do PSDC , cumprimentei integrantes de outros partidos, e logo após fiquei analisando a movimentação do lado de fora.
Aproveitei para registrar o momento. Veja as fotografias.





















quarta-feira, junho 25, 2014

Aleac aprova projeto que institui a política de informação sobre planejamento familiar nas escolas do Estado

Ray Melo, da editoria de política de ac24horas - raymelo.ac@gmail.com25/06/2014 15:56:51
 
Um projeto de lei que institui a política de informação sobre planejamento familiar nas escolas do Estado, através de ciclo de palestras foi aprovado por unanimidade, na sessão de quarta-feira (25), na Aleac. A iniciativa é do deputado Edvaldo Souza (PSDC), que alerta para a necessidade da orientação dos jovens.
“Entendo que a falta de informação sobre o planejamento familiar como: sexualidade, puberdade, maternidade, reprodução humana, gravidez, entre outros é uma necessidade premente nas escolas pública. Nunca é demais dizer que a família, base da sociedade, tem especial proteção do Estado”, diz Edvaldo.
souza_01
Os ciclos de palestras sobre planejamento familiar serão organizados de forma a garantir a realização de pelo menos uma palestra por mês. Os eventos deverão ser ministrados por profissionais qualificados pela Secretaria de Educação do Acre. “O Estado precisa contribuir com este tipo de orientação”, alerta Souza.
Os temas abordados nas palestra serão os seguintes: métodos contraceptivos; reprodução humana; gravidez; doenças sexualmente transmissíveis; puberdade; sexualidade; abusa e assédio sexual e outros correlatos.


Na organização das palestras sobre planejamento familiar poderão participar, de forma integrada: o conselhos de pais e mestres; grêmios estudantis; conselhos tutelares; órgãos de saúde e entidades representativas de todas as esferas governamentais.

segunda-feira, junho 23, 2014



                 BOCA NO TROMBONE

Morador do bairro Cidade Nova  denuncia o descaso e o abandono.



Oi Edivaldo boa noite peço a vc que por favor que coloque essa fotos no pois no nao estamos aguentando mais esse esgotor que estourou no meio da nossa rua. Poços de Calda no bairro cidade nova procimo a igreja assembleia de Deus pois o mal cheiro e insuportável.



domingo, junho 22, 2014

                             Relembrando a boa música

Eu sou do tempo em que as músicas tinham grandes composições. São músicas que eternizaram e eternizam momentos vividos nas mais diferentes situações vividas pelas pessoas.

Era um tempo em que as composições não tinham apenas duas rimas ridículas ou cantores  que desafinam, apertadinhos, vestidos em umas calças que eu denomino de estoura testículos.

Bem, saudosista eu não sou. Eu gosto é da boa música.


Nada melhor do que assistir esse vídeo, com Sá, Zé Rodrix e Guarabyra.





sábado, junho 21, 2014

              Cumprindo com minha obrigação

Dediquei o mandato que me foi outorgado a propor, sugerir, fiscalizar e legislar em prol da comunidade. Exemplo disso, são as Indicações Legislativas que propus e proponho buscando melhorias  para a população. 

Não me acovardei ou fiz do mandato uma espécie de toma lá, dá cá.

Veja a reportagem abaixo.



quinta-feira, junho 19, 2014

PSDC de Eber Machado e Edvaldo Souza fecha aliança com PSL de Nilson Areal

Ray Melo, da editoria de política de ac24horas – raymelo.ac@gmail.com19/06/2014 15:01:23
  
Fim da agonia do PSDC para formar uma chapa competitiva dentro da Frente Popular. A legenda que abriga os deputados estaduais Eber Machado e Edvaldo Souza – formalizou aliança com o PSL do ex-prefeito de Sena Madureira, Nilson Areal, para disputa proporcional nas eleições deste ano.
Depois de uma desgastante queda de braço com o PCdoB de Moisés Diniz e Eduardo Farias – que fechou com o PTB de Chico Viga, os líderes do PSDC, com ajuda do governador Sebastião Viana (PT) conseguiram fugir do chapão do PT e entrar numa aliança que poderá eleger dois deputados estaduais.
O acordo foi fechado na noite de quarta-feira (18), numa reunião no gabinete do governador. Participaram com encontro, Sebastião Viana, o presidente regional do PSDC, Afonso Fernandes e o ex-prefeito Nilson Areal. A briga deverá ser para saber que serão os mais votados entre Eber, Edvaldo e Areal.
PSDC_01


terça-feira, junho 17, 2014


“Tenho a impressão que os idosos neste país são tratados como lixo”, diz Edvaldo Souza

Postado em 16/06/2014 21:05:48JOSÉ PINHEIRO
  
O deputado Edvaldo Souza (PSDC) voltou a cobrar a instalação de uma Delegacia Especializada em Crimes contra os Idosos. O parlamentar afirmou que há dois anos fez a Indicação, mas até o momento não foi atendida. No Acre, são mais de 40 mil idosos. Desse número, 20 mil estão na Capital.
“Há mais de dois anos apresentei Indicação propondo a criação de uma Delegacia Especializada em Crimes contra Idosos, e até agora nada. As políticas públicas são tímidas”, alertou o parlamentar cristão.
Edvaldo Souza não poupou críticas ao governo federal. Disse ter “a impressão que os idosos neste país são tratados como lixo”. O parlamentar afirma que sua impressão é constatada pelo valor pago de aposentadoria aos idosos, sendo que, em muitos casos, a pensão paga não dá para custear as despesas com alimentação e medicamentos.
Ele ressalta que mesmo com o Estatuto do Idoso, essas pessoas não são respeitadas. “Não é novidade para ninguém que no Brasil, mesmo com o Estatuto do Idoso, os direitos que são garantidos em lei muitas vezes são deixados de lado pelos gestores públicos”.
Souza lembrou o trabalho desenvolvido pela Promotoria do Idoso do Ministério Público do Acre, como também, o Conselho Estadual do Idoso. Segundo ele, por meio destes são garantidos os direitos daqueles que já contribuíram com o país.
Segundo a Secretaria Nacional de Promoção e Direitos Humanos – Coordenação Geral dos Direitos do Idoso, estima-se um crescimento proporcional até 2050, quando haverá mais idosos de que adolescentes na faixa etária de 15 anos. O número de idosos já representa 12% da população brasileira, o que corresponde a 24,2 milhões de pessoas. Em 2050, esse número vai aumentar para 63 milhões de brasileiros idosos.

segunda-feira, junho 16, 2014

Para Edvaldo Souza, políticas públicas para idosos ainda são tímidas e ineficazes

Ray Melo, da editoria de política de ac24horas – raymelo.ac@gmail.com16/06/2014 18:31:19
  
O deputado Edvaldo Souza (PSDC) acredita que os idosos do Brasileiros não tiveram muito o que comemorar no Dia mundial de combate à violência contra o idoso, comemorado no último domingo. O parlamentar afirma que as políticas públicas desenvolvidas para os idosos ainda são tímidas.
“Não é novidade para ninguém que no Brasil, mesmo com o Estatuto do Idoso, os direitos que são garantidos em lei, muitas vezes são deixados de lado pelos gestores públicos. No Acre, graças a Deus, temos o Conselho Estadual do Idoso e o Ministério Público e pessoas que se dedicam a causa”, diz Edvaldo Souza.
edvaldo_02
Segundo o parlamentar, no Acre são mais de 40 mil idosos, sendo que mais de 20 mil estão em Rio Branco. “As políticas públicas ainda são tímidas. Há mais de dois anos apresentei Indicação propondo a criação de uma Delegacia Especializada em Crimes contra Idosos, e até agora nada”, afirma.
Edvaldo Souza protesta e diz que os idosos são excluídos do ciclo social. “Tenho a impressão que os idosos neste país são tratados como lixo. Como pessoas que ao perderem a força produtiva, se transformam em produtos descartáveis, a começar pela aposentadoria ou benefício que recebem”, finaliza.

domingo, junho 15, 2014

DIA MUNDIAL DE COMBATE À VIOLÊNCIA CONTRA A PESSOA IDOSA
 
A Organização das Nações Unidas e a Organização Mundial de Saúde declararam o dia 15 de junho como Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, visando sensibilizar toda a sociedade em prol do combate à violência contra idosos e a disseminação do entendimento da violência como violação aos direitos humanos.
O fenômeno da violência contra a pessoa idosa não pode ser visto e aceito como processo normal, natural. Precisamos nos indignar e combater posturas violentas, que geram violações de direitos humanos.
O mundo vem passando por processo de transição demográfica com previsões de cerca de dois bilhões de pessoas idosas no ano 2050. No Brasil este processo está ocorrendo de maneira acelerada. Calcula-se já haver ultrapassado a casa de 24 milhões de pessoas.
No Estado do Pará, aumento de 70% em 10 anos, estimando-se uma população total atual de mais de 605 mil idosos, sendo que 150 mil na capital.
Conforme dados sobre o envelhecimento no Brasil, a Secretaria Nacional de Promoção e Direitos Humanos – Coordenação Geral dos Direitos do Idoso nos apresenta o seguinte sobre o envelhecimento no Brasil:
1. Estima-se um crescimento proporcional de 1 idoso para 5 pessoas, por volta de 2050, quando, pela primeira vez haverá a prevalência de idosos sobre crianças menores de 15 anos;
2. Em 2012, 810 milhões de pessoas já com 60 anos ou mais, constitui população global de 11.5 por cento, com projeções para um bilhão em 10 anos e duplicação para dois bilhões em 2050.
3. O número de idosos cresceu cinquenta e cinco por cento em 10 anos e já representa 12 por cento da população brasileira, atualmente estimada em 24,2 milhões de pessoas. Em 2050 a população idosa no Brasil está prevista para 63 milhões de habitantes.
IMPORTÂNCIA DA PARTICIPAÇÃO DO IDOSO NA SOCIEDADE, FAMILIA E ECONOMIA DO PAÍS- Em 2011 conforme dados do IPEA com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicilio-PNDA do IBGE, os aposentados responderam com quase um quinto da renda das famílias brasileiras (19,4%) mensalmente, injetando 28.5 bilhões mensais na economia brasileira, sendo que 64,5% contribuem para despesas dos lares em que residem. Sua renda estimada em 402,3 bilhões de reais para o ano de 2012, superando o PIB do Peru em 2010. A Revista Seguridade Social e Tributação, publicada pela ANFIP-Associação Nacional dos Auditores da Receita Federal, destaca em suas páginas o novo poder econômico das pessoas idosas. Estima que a renda dos homens atinja o montante de R$-229.77 bilhões e a das mulheres R$-172.53 bilhões.
Sua principal fonte de renda é a Seguridade Social, cuja arrecadação supera a do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) em 67% dos 145 municípios do Estado do Pará. Ano passado o total de pagamentos dos benefícios previdenciários no Estado ultrapassou R$-6 bilhoes,enquanto o recolhimento do FPF foi três vezes inferior, com cerca de R$-2 bilhões.
No Brasil, 3.774 municípios, ou 68% do seu total, têm os repasses da Previdência Social em maior volume que o FPM.
É um grande nicho de consumo para o mercado em geral, e em particular para os segmentos de Supermercados, por concentrarem suas despesas em alimentação, medicamentos, vestuário etc. geralmente nesse tipo de estabelecimento;
Não obstante seu potencial econômico, que contribui para o crescimento do mercado e consequentemente para a economia do País, não tem em contrapartida o devido reconhecimento e reciprocidade através do mau tratamento que recebe em estabelecimentos bancários, supermercados, transportes coletivos e outros.
3. Somente para o Setor Bancário contribuiu com 33 bilhões no ano de 2012, em operações de empréstimos consignados através de folha de pagamento do INSS, valor este atualmente bem mais elevado, gerando ao Sistema Bancário grandes lucros, pois suas aposentadorias e pensões são pagas através de crédito em conta corrente, ficando sujeitos aos pagamentos de taxas e tarifas exorbitantes, e juros dos empréstimos consignados que levou a maior parte de quem os fez a uma situação atual de grande endividamento, sendo que o saldo que recebem mal dá para a aquisição de medicamentos, considerando que o SUS encontra-se em situação caótica, sendo as internações hospitalares conseguidas através de medidas judiciais, já tendo ocorrido várias mortes de idosos pelo não atendimento tempestivo, por falta de leitos disponíveis. Em dezembro de 2013 o número de operações DCE crédito consignado no Pará atingiu o valor de R$-947,7 milhões.
Seu atendimento preferencial geralmente é efetuado por um a dois caixas em estabelecimentos comerciais e bancários, ocasionando situações de constrangimento e conflito com pessoas insensíveis que não respeitam esses espaços, sob a atitude leniente e insensível dos atendentes e caixas.
O tratamento recebido não é condizente com essa realidade. Há necessidade de uma melhor conscientização e humanização da família, sociedade, Estado, pois o mundo passa por um processo de transição demográfica e dentro de poucos anos o Brasil terá uma população com a prevalência de idosos. Há necessidade urgente de os Poderes Executivo e Legislativo se conscientizarem da urgência da criação de POLÍTICAS PÚBLICAS, principalmente na área da EDUCAÇÃO aplicando o que preceitua o ARTIGO 22 do ESTATUTO DO IDOSO que torna obrigatório nos currículos mínimos dos diversos níveis de ensino formal a inserção de conteúdos voltados ao processo de envelhecimento, ao respeito e à valorização do idoso, de forma a eliminar o preconceito e a produzir conhecimentos sobre a matéria, preparando-se para o enfrentamento de um problema irreversível que é o envelhecimento populacional, que trará problemas na área da previdência, saúde, saneamento básico e todos os demais de responsabilidade do Estado.
Assim como crescem os índices e população idosa, cresce também os índices da violência, praticada em suas mais variadas formas.
Ate o mês de outubro de 2013, o Disque 100 já se registrava o total de303 denúncias, sendo que Belém com a Região Metropolitana aponta o total de 151 casos (72,25%) representando um aumento de 25,97% sobre o ano anterior. Estamos aguardando o fechamento total do ano de 2013, mas acreditamos que número ultrapasse a 400 denúncias.
A imprensa divulgou dia 11 do corrente a violenta agressão sofrida por um idoso por parte de um motorista da linha de ônibus da Empresa VIP, com numero de registro CE-7702, linha Tapajó/Ver-O-Peso que acelerou o veículo contra o mesmo, derrubando-o causando danos a sua integridade física, e que após o ato se evadiu. A empresa demitiu o motorista e o idoso não foi identificado para que as providências judiciais sejam tomadas contra o agressor.
Há necessidade do cumprimento das existentes e criação de novas políticas públicas, em educação, saúde, assistência social, previdência e outros setores para assegurar uma velhice mais digna aos futuros idosos.
Recomendamos a leitura da entrevista efetuada pelo Dr.Waldir Macieira da Costa Filho, Promotor de Justiça de Defesa das Pessoas com Deficiência, Idosos e Acidentes do Trabalho, divulgada na edição de hoje do Jornal O Liberal que traz importantes informações e dados sobre o assunto.

N.E - O Editor é membro efetivo do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa, em seu quarto mandado. Presidiu o Conselho na gestão 2012/2014. É fundador e Presidente da AFABB-PA, Associação dos Funcionários Aposentados e Pensionistas do Banco do Brasil do Estado do Pará, reeleito em 28.05.2014; Presidente do Conselho Deliberativo da FAABB-Federação das Associações de Aposentados e Pensionistas do Banco do Brasil com mandato até o ano de 2015.
Na área da Saúde Pública e Suplementar exerceu dois mandatos no Conselho Estadual de Saúde do Estado do Pará. Foi fundador e membro do Conselho de Usuários da CASSI-PA, plano de saúde dos funcionários do Banco do Brasil, durante 13 anos, dos quais 7 como seu Coordenador.

sábado, junho 14, 2014

               

                      Mudança de rumo e de postura

               



Desde quando assumi o mandato de deputado sempre afirmei que faria um trabalho propositivo focando minhas ações nas questões de Regularização Fundiária e buscando alternativas para os grandes problemas sociais que afligem a população acriana.

O tempo passou, alguns  políticos mudaram de partido, de ideia, de críticos a bajuladores, e o que vejo agora é muita gente se agarrando as pressas tentando passar a falsa imagem de  que também estão preocupados com a legalização de ocupações, que estão preocupados com os pobres, etc.


Para finalizar, eu continuo com o mesmo pensamento que tinha antes de entrar na política: “ se político mentiroso, vendedor de ilusão, que vende a alma pro diabo, muito embora afirme ao contrário, quando  morrer for para o inferno, tenho  certeza que vai faltar  lugar por lá”.

sexta-feira, junho 13, 2014


                     Ambiente político

                 

quarta-feira, junho 11, 2014

terça-feira, junho 10, 2014

        
                Fora do ar até o término das eleições


Volto a utilizar esse espaço para informar a todos aqueles que me acompanham que a partir desta data(10/06/2014) deixo de apresentar o programa Gazeta Alerta tendo em vista as determinações contidas na Legislação Eleitoral.

Como Bacharel em Direito que sou, passei a tarde analisando a Lei 9.504/97 que disciplina todas as ações atinentes ao pleito.
O (art. 45, § 1º) diz que a partir de hoje é vedado às emissoras de rádio e televisão transmitir programa apresentado ou comentado por candidato escolhido em convenção.
A convenção do partido a que pertenço(PSDC) ainda não ocorreu e outras interpretações podem ser dadas a esse artigo dependendo do pensamento jurídico de quem o analisar.
Portanto, como seguro morreu de velho, preferir deixar o programa como  medida de cunho preventivo, visando evitar futuros imbróglios de cunho jurídico.
O meu advogado, que já foi juiz eleitoral, me aconselhou a tomar essa decisão. Decisão que comunico de público a todos aqueles que durante  12 anos acompanham o meu trabalho na TV Gazeta, apresentando o Gazeta Alerta.
Me despeço dizendo, até logo, meus amigos e minhas amigas.




Coluna do Nelson Liano



PSDC se decideSegundo o deputado estadual Edvaldo Souza (PSDC) o partido encontrou uma solução para a disputa das cadeiras da ALEAC. Vai se coligar com o PSL, do ex-prefeito de Sena Madureira, Nilson Areal (PSL). A chapa é forte e pode eleger dois ou três.
Decisão tomadaEdvaldo também confirmou que sairá mesmo para estadual. Me disse que não teria recursos financeiros para bancar uma candidatura a federal. E ele tem razão porque sem estrutura fica difícil se eleger deputado federal no Acre. Mesmo sendo conhecido

sábado, junho 07, 2014

                           Relembrando a boa música


Algumas músicas se eternizam na mente e no coração das pessoas. É o caso dessa música do Legião  Urbana. Me lembra o tempo de adolescentes de meus filhos, quando dos encontros  da garotada aqui em casa.


E como hoje é sábado, nada melhor do que ouvir uma música de qualidade.