segunda-feira, junho 16, 2014

Para Edvaldo Souza, políticas públicas para idosos ainda são tímidas e ineficazes

Ray Melo, da editoria de política de ac24horas – raymelo.ac@gmail.com16/06/2014 18:31:19
  
O deputado Edvaldo Souza (PSDC) acredita que os idosos do Brasileiros não tiveram muito o que comemorar no Dia mundial de combate à violência contra o idoso, comemorado no último domingo. O parlamentar afirma que as políticas públicas desenvolvidas para os idosos ainda são tímidas.
“Não é novidade para ninguém que no Brasil, mesmo com o Estatuto do Idoso, os direitos que são garantidos em lei, muitas vezes são deixados de lado pelos gestores públicos. No Acre, graças a Deus, temos o Conselho Estadual do Idoso e o Ministério Público e pessoas que se dedicam a causa”, diz Edvaldo Souza.
edvaldo_02
Segundo o parlamentar, no Acre são mais de 40 mil idosos, sendo que mais de 20 mil estão em Rio Branco. “As políticas públicas ainda são tímidas. Há mais de dois anos apresentei Indicação propondo a criação de uma Delegacia Especializada em Crimes contra Idosos, e até agora nada”, afirma.
Edvaldo Souza protesta e diz que os idosos são excluídos do ciclo social. “Tenho a impressão que os idosos neste país são tratados como lixo. Como pessoas que ao perderem a força produtiva, se transformam em produtos descartáveis, a começar pela aposentadoria ou benefício que recebem”, finaliza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário