sexta-feira, abril 04, 2014

Declarações de Edvaldo Souza sela rompimento entre PSDC e PCdoB

thumb edvaldo-souza
Deputado descarta participar da candidatura comunista para o Senado
A decisão do PCdoB em se coligar com PTB, colocando de escanteio o PSDC, deixou os dirigentes e parlamentares do partido extremamente revoltados, que afirmam que foram menosprezados pelos dirigentes do PCdoB.
A primeira reação veio do deputado Edvaldo Souza, que já descartou participar da campanha pela vaga no Senado. “O PSDC se exime desta candidatura do PCdoB ao Senado. A decisão é dos deputados e dos dirigentes do partido, tendo em vista que a parceria não aconteceu. Nos sentimos humilhados pelo PCdoB”, desabafa.
Na noite de ontem, em entrevista concedida à TV Gazeta, o presidente do PSDC, Afonso Fernandes, não escondeu a decepção provocada pelos comunistas. A maior delas vem do secretário de Indústria e Comércio, Edvaldo Magalhães.
Afonso se disse espantado e classificou como 'esdrúxula' a atitude de Magalhães, que pôs fim a aliança. "A desculpa que ele deu para cancelar o acordo foi por conta da nossa lista de candidatos não ter chegado ao PCdoB".

Nenhum comentário:

Postar um comentário