quarta-feira, fevereiro 19, 2014

                               
                                     




                                                 Nossa ida ao bairro Canaã




A convite do deputado estadual Moisés Diniz estivemos nesta terça-feira  participando de uma audiência pública  realizada pela Comissão de legislação Agrária  da Assembleia Legislativa.

Fui como convidado, pois não faço parte da referida comissão. Porém, como defensor da Regularização fundiária,  me fiz presente.

Foi um grande encontro com os moradores do antigo  Ramal da judia que clamam por melhorias  e vivem sobressaltados com a possibilidade de terem que sair de suas casas, já que o bairro teve como origem uma ocupação irregular.

É no contato com o cidadão comum, com o pedreiro, com a empregada doméstica, com o diarista,  que conhecemos de perto os prolemas e agruras de cada um.

São várias as reclamações. Falta esgoto, água, ruas trafegáveis de inverno a verão,enfim, falta o que se chama de infraestrutura de um bairro.

Centenas de famílias residem no bairro Canaã  em busca  da legalização de seus lotes, de uma vida digna e acima de tudo de dias melhores.

Furtos e assaltos fazem parte da rotina dessa comunidade que reclama da falta de policiamento  intensivo na área.

Foi uma grande tarde. Ouvir e anotei atentamente tudo que me foi falado, todas as reclamações que foram feitas.


Uma coisa é certa. A maioria dos políticos precisa conhecer a realidade de quem  vive na periferia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário