quarta-feira, dezembro 18, 2013

                                            O choro do desespero

Bom dia amigos e amigas.

Dias movimentados na Assembleia Legislativa por conta da chegada de vários projetos do Executivo e sua respectiva análise para aprovação.

Porém, o que quero escrever nesse espaço é sobre o PCCR dos professores. O acordo inicial era para que a votação não fosse realizada ontem. As pressas o projeto entrou na pauta de votação. Representantes de sindicatos foram a Aleac dá explicações.

As divergências são gritantes entre as lideranças. Umas atreladas via osmose com o Poder Público, outras, verdadeiros professores que querem a valorização profissional.

Vi  o choro, o desespero, a angústia e a desesperança da professora Rosangela,que conheço há mais de 30 anos. Sempre lutando por causas justas para a sua categoria.

Juntamente com outros parlamentares saímos do plenário. Ao fazer a leitura dos sites e jornais de hoje vejo que o Projeto foi aprovado durante a madrugada.

A questão não  é votar a favor ou contra. A questão é de um estudo mais aprofundado a respeito da questão.

Não vou mudar meu jeito de pensar. Não posso admitir que um professor com doutorado ganhe pouco mais de 4 mil reais.

O resultado dessa falta de  salários justos para professores em todo o Brasil reflete exatamente a falta desses profissionais no mercado de trabalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário