segunda-feira, agosto 12, 2013




       Projeto de Assentamento ou campo de concentração?  
         
 

Fico imaginando o quanto os produtores rurais sofrem e são enganados. Seja governo de A ou B a lenga-lenga é a mesma quando se trata de fazer promessas e vender ilusões a quem mora na zona rural.

Para você que me acompanha ter uma ideia, em 2011,  durante o mês de agosto me desloquei até o projeto de Assentamento Oriente que fica localizado na região da estrada Transacreana. Mais de cem famílias vivem naquele lugar completamente abandonadas da ação de políticas públicas. 

São cidadãos acrianos ou  não, que foram colocados naquela área onde as estradas são intrafegáveis, a política de assistência social não chega, a educação é precária, a saúde não funciona e os produtores se vêem completamente perdidos e largados no meio da selva sem que nada seja feito.

A estrada  ou ramal que dá acesso é  lastimável. Os doentes só saem de suas casas, mesmo no verão, carregados em rede necessitando da solidariedade dos amigos.

Que política de assentamento é essa que está sendo desenvolvida pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária?  Quais as prioridades do Governo Federal?

Chega de hipocrisia. Nossos produtores rurais estão abandonados a própria sorte. Faltam políticas voltadas para os assentados, falta fomento, crédito, assistência técnica, escoamento da produção e garantia da compra de seus produtos.

Enquanto alguns gestores continuam vendendo ilusão aos produtores o que vemos é a miséria, o êxodo rural e a falta de horizontes para o homem do campo.


Antes que me esqueça. Passados esses anos após minha visita a situação é a mesma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário